mulher a pegar um bebé ao colo

Cuidados pele com pele através do kangarooing

O contacto pele com pele ajuda os bebés a ajustarem-se à vida fora do útero, ao mesmo tempo que apoia as mães enquanto estas desenvolvem um relacionamento íntimo e amoroso com o seu bebé. Os investigadores descobriram até que a falta de contacto pode ter um impacto negativo no desenvolvimento do bebé. É por isso que NIVEA promove a iniciativa "Amigos das Crianças" da UNICEF Reino Unido, garantindo que os bebés nas enfermarias das maternidades tenham o máximo de contacto pele com pele possível desde o início.

Como é que funciona?

O contacto pele com pele é geralmente referido como a prática em que um bebé é seco e colocado diretamente no peito nu da mãe após o nascimento, ambos cobertos por um cobertor quente e deixados durante pelo menos uma hora ou até depois da primeira mamada. O contacto pele com pele também pode ocorrer em qualquer momento em que o bebé precise de ser confortado ou acalmado. O contacto pele com pele também é vital em unidades neonatais, onde costuma ser conhecido como "cuidado canguru". Os hospitais que aderem à iniciativa "Amigos das Crianças" são apoiados através do fornecimento de tudo o que seja necessário para garantir o máximo de tempo pele com pele entre pais e bebés, ajudando os pais a relacionarem-se com o seu bebé, além de oferecer melhores resultados físicos e de desenvolvimento para o bebé.

“O contacto pele com pele acalma e tranquiliza tanto a mãe como o bebé.”

Porque é que o contacto pele com pele é tão importante?

  • Acalma e relaxa a mãe e o bebé
  • Regula a frequência cardíaca e a respiração do bebé, ajudando-o a adaptar-se melhor à vida fora do útero
  • Estimula a digestão e o interesse na alimentação
  • Regula a temperatura
  • Permite a colonização da pele do bebé com bactérias amigáveis à mãe, proporcionando proteção contra infeções
  • Estimula a libertação de hormonas para apoiar a amamentação e a maternidade

Benefícios adicionais para bebés na unidade neonatal:

  • Melhora a saturação de oxigénio
  • Reduz os níveis de cortisol (stress), particularmente após procedimentos dolorosos
  • Encoraja o comportamento antes da alimentação
  • Ajuda no crescimento
  • Pode reduzir a permanência no hospital
  • Se a mãe extrair leite após um período de contato pele com pele, o seu volume de leite irá melhorar e o leite extraído irá conter os anticorpos mais atualizados


1

Acalma e relaxa a mãe e o bebé


2

Regula a frequência cardíaca e a respiração do bebé


3

Estimula a digestão e o interesse na alimentação


4

Regula a temperatura corporal


5

Oferece proteção contra infeções


6

Estimula a libertação de hormonas para apoiar a amamentação e a maternidade

PAPEL DO TOQUE FÍSICO EM BEBÉS PREMATUROS

Prof. Dra. Tzipi Strauss, uma importante neonatologista de Israel, sobre o papel do toque físico em bebés.

Quando as pessoas se tocam, ocorre uma libertação de oxitocina, a hormona da “união” ou do “amor”. Assim que a oxitocina é libertada, a tensão arterial diminui. Durante o nascimento, por exemplo, o nível de oxitocina da mãe aumenta exponencialmente. Imediatamente após o nascimento, a mãe liga-se ao seu bebé devido às quantidades absurdas de oxitocina libertadas pelo seu sistema. Vários outros estudos mostraram que o cuidado pele com pele ajuda a desenvolver o sistema imunológico do bebé, tem um efeito positivo no aumento de peso, melhora a produção de leite materno e deixa a mãe e o bebé mais relaxados.

“O cuidado pele com pele reduziu a mortalidade de bebés prematuros em 20%.”

Prof. Dr. Tzipi Strauss

UNICEF

Participe

Saiba mais sobre o projeto e como pode participar.

 

Website Unicef