Afecto  Header

Afecto: Beleza Interior

Porque é que abraços e intimidade são tão importantes
A pele é o nosso maior órgão sensorial. Revela as nossas emoções e mostra se estamos bem equilibrados internamente. O afecto é essenciais para nós.

Porque é que abraços e intimidade são tão importantes

A nossa pele é a porta de entrada da nossa alma. Permite-nos detectar e sentir coisas e comunicar com as outras pessoas. Portanto, o contacto corporal amável é crucial para o nosso equilíbrio interior, bem-estar e todo o nosso carisma.

Toque e veja! É assim que a nossa pele funciona

O maior órgão do corpo humano tem uma superfície de cerca de dois metros quadrados. Em cada centímetro quadrado há até 40 terminações nervosas e 200 corpúsculos tácteis que transmitem toque, frio ou calor para o cérebro na forma de sinais.

E as pontas dos nossos dedos conseguem realizar uma conquista magistral: têm cerca de três vezes mais corpúsculos tácteis que o resto da nossa pele e reagem às mais pequenas sensações e sentimentos. É assim que podemos explicar porque é que as carícias que fazemos aos outros são percebidas como algo positivo por nós próprios.

Estas reacções são contrabalançadas pelos afectos, porque as emoções positivas e que reduzem o stress são transmitidas ao cérebro através dos receptores da pele.

Para garantir que a pele possa executar essas realizações surpreendentes, ela precisa, obviamente, de receber os cuidados certos. Portanto, é essencial hidratá-la diariamente, para que permaneça lisa e receptiva aos afectos.

Afectos amáveis proporcionam aos bebés a sensação de união, proximidade e segurança. É por isso que as carícias são um requisito básico para o desenvolvimento físico e mental saudável.

Acariciar conforta

Um bebé a chorar acalma-se quando a mãe o segura nos seus braços. E um abraço também consola adultos, pois o contacto corporal liberta endorfinas, reduzindo o stress e permitindo-nos relaxar.

Carícia para a alma: esta é a importância da nossa pele.

  • Com a nossa pele sentimos frio, calor, pressão e proximidade de outras pessoas. É por isso que ela é um órgão de comunicação importante, uma vez que nos liga ao mundo exterior.
  • O contacto com a pele é tão importante como respirar, comer e beber — desde o momento em que nascemos.
  • Para os adultos, carícias e contacto corporal numa relação significativa são particularmente importantes.
  • Mas as pessoas solteiras não precisam de viver sem contacto com a pele. Massagens e hidratação diária — ou seja, o contacto com a sua própria pele — têm o mesmo efeito positivo.
  • A nossa pele também revela os nossos sentimentos mais profundos: nós coramos quando nos sentimos constrangidos, ficamos pálidos de medo e, quando stressados, a nossa compleição denuncia cansaço.

O que é bom para a pele, é bom para a alma

A nossa pele mostra como tratamos o nosso corpo. Um estilo de vida saudável e equilibrado deixa-a radiante, tal como o regime de beleza correcto.

A pele não perdoa — portanto, ouça com atenção!

  • Praticamente nenhum outro órgão humano revela tanto sobre nós como a nossa pele.
  • Por esta razão, é importante prestar atenção à pele, que passa por todas as experiências “íntimas e intensas”.
  • Beba bastante água todos os dias. A sua pele precisa de dois a três litros de água para receber a hidratação necessária.
  • Além disso, uma alimentação saudável, com muitas vitaminas, minerais e fibras, mantém a sua pele bonita.
  • A prática regular de desporto e o uso diário de protecção solar também fazem parte do nosso cuidado cutâneo geral.
  • Dê ouvidos à sua pele! Geralmente, manchas secas, vermelhidão e maleitas da pele indicam que existe um problema recalcado.
  • A falta de contacto corporal ou o desejo de proximidade também podem ser possíveis razões para problemas de pele.
  • E é aqui que o afecto podem ajudar e, às vezes, é mais fácil do que parece.

Cuide de si com todo o cuidado NIVEA

As nossas recomendações